Your address will show here +12 34 56 78
Destination Wedding

Destination Wedding no exterior, já teve esse sonho? Já falamos aqui sobre o Destination Wedding em outras cidades. Mas, hoje falaremos sobre se casar em outro país. No momento de planejamento, uma das primeiras decisões é onde e quando será o casamento.

Viajar para o exterior para realizar a cerimônia de casamento pode parecer uma ideia muito ousada e até assustadora. Mas, calma. É mais tranquilo e possível de realizar do que parece.

O investimento nesse tipo de casamento não costuma  ter grandes mudanças no orçamento de um evento para 250 pessoas aqui, e 30 em outro país. Tudo depende da organização e qual perfil os noivos querem para a festa.

 

Como escolher a data e o país ideais

O primeiro passo para escolher o país ideal é pensar em qual tipo de cerimônia e festa o casal deseja. Normalmente a cerimônia reflete exatamente o perfil dos noivos. Por isso, é importante definir quais são seus gostos e sonhos. Gostar do frio, calor, praia, montanha, neve, castelos etc, são ótimos indicadores para saber onde será a celebração.

Um fator que deve ser levado em consideração no momento da escolha, é a data do casamento. Tente evitar altas temporadas, pois assim o custo será maior. Talvez, até seja possível conseguir descontos em hotéis para fechar um grupo maior de pessoas.

Como o Destination Wedding no exterior tem se tornado mais frequente, muitos hotéis e resorts já possuem uma opção para realizar casamentos. Existem, inclusive, pacotes de hospedagem para os noivos e os convidados.

Ainda pensando na data, é preciso conhecer qual será a estação do ano no país durante o casamento. Assim os noivos saberão como serão as fotos e filmagens e até mesmo o estilo de roupa e decoração da cerimônia.

Para fazer as escolhas de forma mais fácil e segura, uma equipe de cerimonial experiente em Destination Wedding no exterior é a melhor ajuda para os noivos.

Deslocamento até o lugar

Além de pensar na viagem até o local do casamento, é essencial planejar o deslocamento dos noivos e convidados até o lugar da cerimônia. O casal precisa definir o meio de transporte, quantidade de pessoas, horário do casamento e tempo de percurso até o lugar.


Os noivos também precisam decidir sobre os serviços que querem durante o casamento. Produtos perecíveis, por exemplo, precisam ser contratados no país da festa. Sobre os demais serviços, não são todos os profissionais que tem disponibilidade de ir até o país da cerimônia. Portanto, contratar pessoas capacitadas e experientes em Destination Wedding é sempre a escolha mais segura.

Uma das lembranças mais importantes do casamento, é a filmagem. Uma ótima inspiração é o casamento da Gabi e do Gustavo, que se casaram em Mendoza, na Argentin. A Par Filmes os acompanhou até lá.

Informações para os convidados

O primeiro passo depois de definir a data e local do casamento, é avisar aos convidados, com muita antecedência, para que todos consigam se programar e economizar para a cerimônia. O ideal é que o convite seja feito no máximo 8 meses antes.

Enviar um Save the Date ou disponibilizar no site dos noivos avisos sobre o horário, clima do lugar e traje para os convidados, ajuda a compor uma cerimônia mais harmoniosa com o local e até com a decoração.  


Regras e burocracias

Como cada país possui uma burocracia, os noivos precisam saber quais as exigências daquele lugar. Passaporte, visto, vacinas, regras das bagagens, horário dos vôos e tudo mais que for necessário, deve ser bem explicado aos convidados para que não haja nenhum problema próximo a viagem. Mais uma vez, se organizar com antecedência e ter informações claras, são essenciais.


O casal também precisa se atentar às burocracias sobre o casamento em si. Casar legalmente no exterior pode ter diversos procedimentos complicados e longos. Não existe a obrigação de legalizar o casamento no país que será a cerimônia. Assim, os noivos também podem economizar com documentos, traduções de documentos oficiais etc.

Aproveita a festa!

Mesmo sendo necessário muita organização e preparo para o Destination Wedding no exterior, existem diversos pontos positivos com essa escolha. Originalidade, cenários maravilhosos, maior interação dos noivos com os convidados e oportunidade de conhecer melhor outra cultura, são alguns exemplos.

Com o auxílio de uma equipe de cerimonial responsável, a viagem de e para o casamento se torna uma aventura inesquecível para os noivos e convidados. Aproveite!

0

Destination Wedding

O que é Destination Wedding? O termo que tem sido bastante falado ultimamente, é quando os noivos escolhem se casar em uma cidade diferente de onde vivem. O casal opta por um lugar que tenha a ver com a história deles, ou que contenha um belo cenário. Cidades históricas, praianas ou até mesmo a cidade natal são alguns exemplos.

Vantagens do destination wedding  

Casar em outra cidade pode trazer diversas vantagens para o casal. Ao optarem pelo destination wedding, os noivos podem aproveitar o lugar, os convidados e os familiares por mais tempo. Casando em um final de semana, por exemplo, pode ser feita uma recepção no primeiro dia, o casamento no segundo e uma festa de despedida no último dia.


Outra vantagem é especialmente para aqueles que se preocupam com o tamanho da lista de convidados. Ao se casarem em outra cidade, é provável a redução do número de convidados. Espera-se também que a maioria das pessoas presentes na cerimônia serão os amigos mais próximos do casal.


Para os noivos que gostam de aventuras, ou os que amam viajar, é possível até mesmo planejar um programa com todos presentes para conhecer melhor a cidade ou o hotel em que estão hospedados.

Como fazer a escolha perfeita: dicas e inspirações

O primeiro passo para fazer a escolha, é pensar em qual estilo mais os representa, e qual o sonho do casal. Pensar se preferem praia ou montanhas, frio ou calor, dia ou noite, clássico ou rústico etc, são perguntas-chave para chegar até a resposta correta.


Com o estilo escolhido é hora de pensar em todos os detalhes do casamento. Conhecer a estrutura do lugar para a realização da cerimônia pode evitar futuros problemas.


Por ser em outra cidade, as fotos, e, principalmente a filmagem, devem ser bem escolhidas. Sabendo o que esperar da filmagem de casamento, o dia se tornará mais tranquilo, e as recordações, mais belas.


Para isso, é sempre bom se inspirar em casamentos realizados no estilo que querem. Excelente exemplo, é o da Camila e Hugo, que se casaram em Trancoso, Bahia, que inclusive é um dos lugares mais procurados para o destination wedding.

Outro exemplo, é o casamento da
Marcela e Lucas, que escolheram uma belíssima cidade histórica para se casarem: Ouro Preto, Minas Gerais. Mais inspirações sobre destinos encantadores.

Planejamento e orçamento: dúvidas frequentes

Ao decidir o perfil do casamento, é necessário pensar no lugar da cerimônia, e, também, onde os convidados ficarão. É normal surgirem algumas dúvidas sobre destination wedding, mas pode ser mais fácil do que você imagina. Algumas perguntas frequentes:

  • Preciso contratar todos os fornecedores da cidade onde será o casamento?

Não. O ideal é que todos os fornecedores sejam de confiança e possuem a qualidade que seu casamento merece. Como nem todos têm disponibilidade de viajar, é bom procurar indicações de profissionais e empresas que ajudem a organizar todos os detalhes.


Como a cidade não precisa ser um lugar que vocês conheçam, pode ser útil fazer visitas ao local para conferir se tudo é de acordo com o que pretendem, desde o local da cerimônia, até onde os convidados ficarão.

  • Preciso arcar com a viagem de todos os convidados?


Depende. Se seu orçamento permitir e for da vontade do casal, façam. Mas, se não for possível, não tem problema. Precisam apenas avisá-los e podem, inclusive, considerar a ida à cerimônia como o presente do convidado para o casal.  Porém, caso alguém muito importante para vocês não tenha condições de ir, é interessante investir na ida desse convidado.


  • A cidade da cerimônia é sempre a mesma da lua de mel?

Nem sempre. O casal precisa se organizar bem para não ter problemas ao viajar para a lua de mel. Mas, caso a lua de mel seja no mesmo lugar da cerimônia, é mais uma forma de economizar.

  • Com quanto tempo de antecedência deve-se preparar financeiramente?

Desde que começarem a pensar na cerimônia e no que querem, é primordial saber qual valor pode ser investido. Portanto, quanto antes, melhor. Quanto mais tempo tiverem, além de conseguirem economizar uma quantia maior, poderão pesquisar mais e fazer as escolhas com calma.


  • Qual a melhor maneira de chamar os convidados?

Para os casamentos tradicionais, o tempo de entrega do convite é normalmente um mês antes da cerimônia. Porém, como no destination wedding a família e amigos precisam se preparar para uma viagem, o aconselhável é que se faça um “save the date”, que funciona como um lembrete do casamento a ser encaminhado antes do convite oficial. Este pode ser entregue entre 8 a 6 meses de antecedência.


Mas, como organização nunca é demais, quanto antes, melhor! Se o casamento for daqui 1 ou 2 anos e já tiverem as informações sobre a cerimônia, vocês só ganham em informar aos convidados com tanta antecedência. Assim, eles têm mais chances de se prepararem para viajarem.


Levando em conta o lugar, caso o casal não possa arcar com todos os gastos, não tenha vergonha em informar que a viagem pode ser o presente dos convidados para os noivos. Afinal, se organizar para ter condições financeiras e tempo para prestigiar os noivos em outra cidade, é sinal de muita consideração por essa nova união.

0